Canabidiol como aliado no tratamento de Artrite

Canabidiol como aliado no tratamento de Artrite

O canabidiol tem o potencial de diminuir as dores do dia a dia e de ajudar na contenção dos processos inflamatórios decorrentes da doença

Você, com certeza, conhece alguém que sofre com as dores da artrite. Algum parente ou algum amigo já relatou o incômodo que essa doença provoca, ou até mesmo você quem tem convivido com esse mal.

A artrite atinge milhões de pessoas no Brasil. A grande maioria começa a ter sintomas só depois dos 40 anos, mas, apesar de ser mais raro, existem pacientes que apresentam os primeiros sinais da doença ainda precocemente, na casa dos 30 e até dos 20 anos.

Quando falamos da Cannabis medicinal, é mais comum ela ser associada às doenças da saúde mental, como o stress e a ansiedade. Mas o canabidiol (CBD) tem sido apontado, cada vez mais, como um fármaco importante no combate a patologias de ordem física também como a artrite.

Se você nunca ouviu falar sobre isso e quer saber um pouco mais sobre como o CBD pode ajudar no enfrentamento da artrite, fique tranquilo. Vamos explicar isso com calma neste post.


O que é artrite?

A artrite é uma doença crônica que provoca uma reação inflamatória nas articulações do nosso corpo. Ela causa, principalmente, a rigidez e o inchaço nas junções entre os ossos e esse processo é bem doloroso para o paciente. Em casos mais severos, a artrite pode afetar inclusive os órgãos.

O avanço da idade e o desgaste natural das articulações são a principal causa da doença, até por isso ela é mais comum em idosos, mas alguns fatores podem antecipar esse quadro, como a obesidade, um traumatismo severo no local ou a herança genética.

Nos que sofrem dessa patologia, são, geralmente, as juntas do corpo que acabam pagando o preço. É comum notar, por exemplo, que em pessoas que foram diagnosticadas com a artrite os dedos das mãos são mais grossos e têm menos mobilidade e, às vezes, podem ter algumas deformações.

Isso acontece porque as cartilagens que revestem os ossos sofrem uma perda significativa por conta do processo inflamatório sucessivo provocado pela artrite, tornando rígidos e dificultando alguns movimentos importantes e naturais do nosso corpo, como esticar os dedos e até caminhar.

Com o passar do tempo, se o paciente não receber o tratamento necessário, o desgaste acelerado da cartilagem acaba provocando um ciclo degenerativo da doença, pois com as articulações cada vez mais expostas, maior o desgaste e, consequentemente, mais inflamação.


Como o canabidiol pode ajudar?

A artrite é uma doença autoimune. A doença autoimune é caracterizada por um ataque do sistema imunológico ao próprio corpo do enfermo. Dessa forma, a resposta adequada do nosso organismo aos processos inflamatórios derivados da doença é fundamental para a qualidade de vida.

É nesse contexto que o CBD tem ganhado cada vez mais força como tratamento complementar aos sintomas da artrite. O Canabidiol é um fitocanabinoide extraído da Cannabis que, ao entrar em contato com os receptores endocanabinoides, estimula a resposta mais acertada do organismo para combater os sintomas.

Basicamente, os receptores endocanabinoides são um dos principais componentes do sistema endocanabinoide, que por sua vez é o responsável pela comunicação entre todos os sistemas do corpo humano.

O sistema endocanabinoide também exerce um papel importante regulando as respostas celulares corretas aos estímulos externos e internos que o organismo recebe. Ou seja, é esse sistema que garante a manutenção do equilíbrio necessário para vivermos.

Ao estimular esse processo de comunicação, incentivando dessa forma o comportamento desejado do nosso organismo para enfrentar a doença, o CBD desencadeia uma corrente de reações benéficas que refletirão no alívio dos sintomas e na sensação de bem-estar para o paciente.

Quer dizer que o CBD é a cura para a artrite?

Essa é uma doença crônica e que, infelizmente, ainda não tem uma cura. O que se recomenda, quando diagnosticada a enfermidade, é um tratamento ativo dos sintomas no alívio do sofrimento dos pacientes e na contenção dos processos inflamatórios decorrentes da artrite.

O maior problema nesse caso é que o uso prolongado de determinados medicamentos podem provocar uma série de efeitos colaterais, como agravamento de hipertensão, sobrecarga da função renal, gastrite e até agravar doenças cardíacas, levando inclusive ao infarto. Sem falar que essa exposição recorrente aos remédios pode provocar a dependência no paciente.

Para atenuar essa condição, os medicamentos à base de Canabidiol têm se colocado como uma ótima alternativa. Eles não têm contraindicação e devem ser usados como tratamento complementar. O seu potencial farmacológico é enorme e, conforme a Organização Mundial de Saúde (OMS) já atestou o CBD não apresenta risco de causar vício.

Dois dos diversos efeitos comprovados do Canabidiol são essenciais para o enfrentamento dessa doença: o efeito analgésico e o efeito anti-inflamatório.

Enquanto suas propriedades anti-inflamatórias ajudam na contenção das inflamações provocadas pela doença, as propriedades analgésicas aliviam significativamente as dores, aumentando o conforto do paciente e comodidade da família.

Além disso, os efeitos do CBD também reduzem os sintomas secundários associados a dores crônicas, principalmente os distúrbios de sono. Se, sem nenhum problema físico, muitos já encontram dificuldades para dormir, imagine como é impossível dormir bem se você estiver com dor a noite toda.

O tratamento com remédios à base de Canabidiol também tem reflexos nas alterações de humor de uma forma geral, melhorando a irritabilidade exagerada, tão comum em pacientes com dores crônicas, e também a sensação de angústia que, muitas vezes, acompanha a rotina diária de quem tem que enfrentar essas dores, por exemplo.

Mais do que qualquer coisa, a Cannabis medicinal consegue entregar um benefício muito importante: tempo de qualidade de vida. Muitos dos enfermos já encontram sua mobilidade reduzida, se conformaram em viver sendo torturados pelas articulações, se consideram um fardo para os familiares e assim por diante.

A verdade é que não precisa ser dessa forma. Com o uso regular do CBD e o acompanhamento de um médico especialista, o dia a dia de quem tem artrite pode ser tão habitual quanto de qualquer pessoa.

Ter artrite, infelizmente, não é uma questão de opção, mas a forma de como tratar essa doença é sim uma escolha. Quando diagnosticada cedo e tratada adequadamente, a doença evolui de forma moderada.

Sendo acompanhada com atenção e com os cuidados necessários, a chance de os pacientes chegarem à terceira idade sem estar em condições tão diferentes de quem envelheceu sem nunca receber esse diagnóstico são muito grandes.

Para que a velhice venha com satisfação e, principalmente, com saúde é preciso contar com recursos que tragam esse conforto. Aqui na LotusMed Brasil nós temos uma linha de produtos de Canabidiol que vão transformar sua condição de vida.

Para saber mais sobre um dos mais promissores tratamentos, não só para a artrite, mas para uma série de patologias que antes eram apontadas com vilãs insuperáveis, faça seu cadastro no nosso site e conheça nossos produtos!

Se você é médico e quer fazer parte da comunidade que oferece o que há de mais moderno na medicina aos pacientes, também temos um material muito bacana para você. É só se cadastrar que vamos auxiliá-lo nesse percurso.

Gostou deste conteúdo? Então comente nas nossas redes sociais e nos deixem saber o que você achou! Também fique à vontade para sugerir temas que gostaria de ver aqui no blog da LotusMed Brasil. Sua opinião é muito importante para a gente!

As 3 maiores fake news sobre o tratamento de cannabis medicinal
As 3 maiores fake news sobre o tratamento de cannabis medicinal
Alzheimer e o tratamento com Cannabis Medicinal
Alzheimer e o tratamento com Cannabis Medicinal
Descubra os benefícios do Canabidiol no tratamento de casos de Autismo
Descubra os benefícios do Canabidiol no tratamento de casos de Autismo
Cannabis medicinal como tratamento de insônia
Cannabis medicinal como tratamento de insônia